top of page
Buscar

Coronavírus, COVID-19

Olá pessoal,


Em tempos de muitas notícias falsas, as informações podem ficar desencontradas e assim, intensificar a angústia que podemos sentir. Portanto, fiz uma pesquisa e resumi as principais dúvidas à respeito do Coronavírus.

Leiam essas informações e assistam os dois vídeos informativos e um diário de um casal que viveu o Coronavirus em Wuhan, na China. Eles são excelentes e esclarecedores!

Um conselho, aproveite esse período de quarentena e faça uma reflexão interna!

Não entre em pânico e informe-se com pessoas capacitadas.



Os coronavírus (CoV) são uma grande família viral, conhecidos desde meados dos anos 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Alguns CoV podem causar síndromes respiratórias graves, como a síndrome respiratória aguda grave que ficou conhecida pela sigla SARS da síndrome em inglês “Severe Acute Respiratory Syndrome”.


O novo coronavírus causa a doença chamada COVID-19, esse nome é decorrente à sua descoberta em dezembro de 2019, em Wuhan, na China.


Assistam esse documentário: Diário do coronavírus em Wuhan: a história de um casal em quarentena onde tudo começou - https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51918331


Os sintomas mais comuns: febre, cansaço e tosse seca. Houve alguns relatos de náusea, vômito e diarreia antes da ocorrência de sintomas respiratórios. Também podem também apresentar dores, congestão nasal, coriza e dor de garganta.


O tempo de recuperação: varia um pouco, e, para pessoas que não estão gravemente doentes, pode ser semelhante ao período de duração de uma gripe comum. Pessoas que desenvolvem pneumonia podem levar mais tempo para se recuperar.


Transmissão: pode ser transmitido de uma pessoa para outra. A transmissão pode ocorrer através de gotículas de saliva ou muco, expelidos pela boca ou narinas quando uma pessoa infectada tosse ou espirra. Também quando essa pessoa cumprimenta com as mãos ou compartilham objetos.


Período de incubação: geralmente aparecem em cerca de cinco dias ou menos na maioria dos casos, mas o intervalo pode estar entre um e 14 dias.


Teste de confirmação: o teste é realizado a partir da coleta de amostras de secreções respiratórias. As amostras são encaminhadas para os laboratórios centrais da Saúde Pública dos Estados, para realização de exames de biologia molecular para detecção de RNA viral.


Prevenção:

- Evitar contato próximo com pessoas doentes ou com sintomas (tosse, coriza, febre);

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão;

- Se não houver água e sabão, usar um antisséptico para as mãos à base de álcool;

- Usar lenços descartáveis para higiene nasal

- Cobrir nariz e boca sempre que for espirrar ou tossir (com um lenço de papel ou usando o braço);

- Evitar tocar em olhos, nariz e boca com as mãos não higienizadas;

- Manter ambientes muito bem ventilados;

- Não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos, garrafas e talheres

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies que sejam tocados com frequência

- Evitar cumprimentar pessoas com apertos de mão. Sorria!



Assistam a estes vídeos:

1- A mestre e doutora em Neurociência pela USP com pós-doutoramento pela University of Chicago, Claudia Feitosa-Santana, nos mostra os fatos científicos sobre essa questão e faz uma reflexão filosófica sobre esse vírus que infectará uma grande parte de nossa população. Fonte: Casa do Saber


2- Atila Iamarino - biólogo, pesquisador e um brasileiro formado em microbiologia



74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page