top of page
Buscar

O maravilhoso mundo das flores



Esse lindo bouquet de flores são de alstroemérias (Figura A). Elas pertencem ao grande grupo Angiospermae (plantas que apresentam raiz, caule, folha, flores, frutos e sementes), classe das Monocotiledôneas (plantas que possuem um único cotilédone, raiz fasciculada e folhas paralelinérveas), família Alstroemeriaceae e gênero Alstroemeria sp L. A família Alstroemeriaceae tem distribuição neotropical, desde a região central do México até o Sul da América do Sul, com cerca de 180 espécies.


Em relação à morfologia floral, apresentam seis tépalas (sépalas e pétalas iguais em número, cor e forma) apresentam a mesma coloração, portanto denominamos tépalas (Figura B). Suas flores são monóclinas, ou seja, o androceu (estrutura reprodutora masculina - seis estames Figura C) e o gineceu (estrutura reprodutora feminina - um ovário; seccionado longitudinalmente na Figura D) no mesmo indivíduo.


As imagens que vocês estão observando foram feitas nas aulas de Morfologia Floral, da disciplina de Morfologia e Anatomia Vegetal, do Curso de Ciências Biológicas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Campus São Paulo.


Curiosidade: A letra L ao final do nome científico representa a abreviação do nome do autor que descreveu a espécie. No caso da alstroeméria, Carolus Linnaeus (Lineu) realizou a descrição.


Fonte: Plantas Raras do Brasil - organizadores, Ana Maria Giulietti et al. 2009. Conservação Internacional, Belo Horizonte, MG e Universidade Estadual de Feira de Santana.

Judd et al. 2009 - Sistemática Vegetal - um enfoque filogenético, 3 edição - Artmed).


235 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page