top of page
Buscar

Oficina Planta no Prato

Ah, o manjericão! Como ele é cheiroso e gostoso de comer. Esse cheiro vem de qual parte? Venha aprender sobre essa erva tão apreciada. Curta, compartilhe e marque os amigos amantes das ervas aromáticas.



Ocimum basilicum L. é seu nome científico, pertencente à família Lamiaceae, grande grupo das Angiospermas (plantas que apresentam raiz, caule, folhas, flores, frutos e sementes). Descrito por Lineu, o pai da taxonomia, em 1753 na Species Plantarum. Nativo da Ásia Tropical e introduzido no Brasil pelos imigrantes italianos; ele é um subarbusto, anual, ramificado e chega até 50 cm de altura (APG IV 2016; Lorenzi & Abreu Matos 2008).


Esse cheiro delicioso, hmmm Ele é uma mistura de monoterpenos e sesquiterpenos, denominados óleos essenciais. Pertencem a classe dos terpenos, o maior grupo do metabolismo natural (secundário). São eles: α-pineno, sabineno, β-pineno, mirceno, limoneno e (Z)- β-ocimeno (Özcan & Chalchat 2002, Taiz & Zieger 2002). Estes óleos estão armazenados nos tricomas (pelos) glandulares (imagem superior direita - Werker et al. 1993) situados nas folhas. Os autores sugerem que eles estão em maior quantidade nas folhas mais jovens.


Este na imagem superior esquerda foi produzido por sementes Feltrin em março deste ano. Cultivei-o sob sol pleno, em substrato padronizado com húmus e irrigado regularmente. Esta espécie não tolera frio e calor excessivo.


Nós sugerimos um pesto de manjericão. A Oficina “Planta no Prato” oferecida pelo @biodiversidadeemfatias ensina o uso das espécies vegetais sempre com embasamento científico. Venha conhecer!


Você que gosta e se preocupa com o meio ambiente, venha conhecer o @biodiversidadeemfatias e o nosso trabalho. Acesse também https://linklist.bio/biodiversidadeemfatias

Divulgue e espalhe o conhecimento



Byng et al 2016. An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG IV. Botanical Journal of the Linnean Society 181: 1-20.


Lorenzi & Matos 2008. Plantas Medicinais no Brasil - nativas e exóticas. 2 ed. Instituto Plantarum.


Özcan & Chalchat 2002. Essential oil composition of Ocimum basilicum L. and Ocimum minimum L. in Turkey. Czech J Food Sci 20: 223-228.


Taiz & Zieger. 2002. Fisiologia Vegetal. 3 ed. Artmed.


Werker et al 1993. Glandular hairs and essential oil developing leaves of Ocimum basilicum L. (Lamiaceae). Annals of Botany 71: 43-50.

281 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page