top of page
Buscar

Amarilis ou lírio?

O gênero Crinum sp, pertence à família Amaryllidaceae, ordem Asparagales, linhagem Commelinídeas, Monocotiledôneas. São plantas do grande grupo das Angiospermas.


Breve descrição morfológica: Ervas bulbosas com raízes contráteis; caules reduzidos, pelos simples, folhas alternas, achatadas inteiras, com venação paralela, às vezes diferenciadas em lâmina e pecíolo, invaginantes na base. Flores bissexuais, radias a bilaterais, vistosas, associadas com brácteas filiformes. Tépalas (6) livres a conatas, não manchadas. Estames (6), filetes livres a conatos. Carpelos (3). conatos, ovário ínfero com placentação axial.


Grande importância econômica pois esta família inclui numeros gêneros ornamentias, dentre eles o Crinum sp.


Um pouco de vocabulário botânico:

Bulbo - sistema caulinar subterrâneo com gemas protegidas por catáfilos ou bases foliares que armazenam reservas.

Carpelo - folha modificada que, em número de uma ou mais, forma o pistilo

Conato - aderentes, concrescente, termo usado por exemplo, com a relação ao elementos florais que não ficam no mesmo verticilo.

Estame - órgão masculino da flor, corresponde ao microsporófilo, consta de um filete que transporta a antera, o filete pode faltar, a antera contém sacos polínicos onde se engeram os grãos de pólen. É a unidade do androceu.

Tépala - as sépalas e pétalas apresentam a mesma coloração

Venação - distribuição das nervuras, ou conjunto das mesmas; o mesmo que inervação ou nervação.


Fonte:

- Judd et al. 2009 - Sistemática Vegetal - um enfoque filogenético, 3 edição - Artmed).

- Ferri, MG; Menezes, N.L; Monteiro, W.R. 1981. Glossário Ilustrado de Botânica. Editora Nobel.


Muito obrigada aos administradores do grupo Identificação de Plantas do Facebook pela identificação.


1.559 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page